# Atividades escolares - Professor # Gêneros textuais

Tipos de Textos


     Informativo

             Notícias de jornal, textos de livros didáticos de Geografia, História e Ciências, bulas de remédio, folhetos explicativos são exemplos de textos informativos. O texto informativo é aquele que tem como principal objetivo informar, de maneira clara e objetiva. Pode ser verbal – aquele que utiliza palavras – ou não-verbal – o que utiliza imagens, desenhos, fotografias, gestos, sons, cores ou qualquer outro código que não seja a linguagem das palavras. Exemplos de textos informativos não-verbais são os mapas, os gráficos, sinais sonoros e gestos do guarda de trânsito, placas de trânsito que não utilizam palavras, as cores de um semáforo num cruzamento de ruas.

          Argumentativo

Um Texto Argumentativo tem como objetivo persuadir alguém das nossas ideias. Deve ser claro e ter riqueza lexical (riqueza de vocabulário), podendo tratar qualquer tema ou assunto. É constituído por um primeiro parágrafo curtoque deixe a idéia no ar, depois o desenvolvimento deve referir a opinião da pessoa que o escreve, com argumentos convincentes e verdadeiros, e com exemplos claros. Deve também conter contra-argumentos, de forma a não permitir a meio da leitura que o leitor os faça. Por fim, deve ser concluído com um parágrafo que responda ao primeiro parágrafo, ou simplesmente com a ideia chave da opinião.

          Crônica

crônica é um tipo de texto, em geral publicado em jornais ou revistas, que trata de temas atuais e do cotidiano. Em resumo, podemos determinar dois pontos:                                                                                                        • Normalmente possui uma crítica indireta.                                                                                                             • Muitas vezes a crônica vem escrita em tom humorístico.

          Instrucional

Os textos instrucionais são aqueles cuja função é regular ou indicar formas de agir. Eles descrevem etapas que devem ser seguidas. Dentro desta categoria, encontramos desde as mais simples receitas culinárias até os complexos manuais de instrução para montar o motor de um avião. Existem numerosas variedades de textos instrucionais: além de receitas e manuais, estão os regulamentos, estatutos, contratos, instruções de jogos etc.           Referindo-nos especialmente às receitas culinárias e aos textos que trazem instruções para organizar um jogo, realizar um experimento, construir um artefato e concertar um objeto, entre outros, distinguimos duas partes, uma, contém listas de elementos a ser utilizados, a outra, desenvolve as instruções.           As instruções configuram-se, habitualmente, com verbos no modo imperativo (misture a farinha com o fermento), com o verbo no infinitivo (misturar a farinha com o açúcar).           O estudo de textos normativos também pode ser associado ao estudo de sinalizações normalmente utilizadas com a mesma função, por exemplo, os sinais de trânsito e outras placas indicativas como: “proibido fumar”, “reservado a deficientes físicos”, etc.          Todos eles, independente de sua complexidade, compartilham da função apelativa da linguagem, a medida que prescrevem ações e empregam a trama descritiva para representar o processo a ser seguido na tarefa empreendida.         Em nosso cotidiano, deparamo-nos constantemente com textos instrucionais, que nos ajudam a usar corretamente um processador de alimentos ou um computador; a fazer uma comida saborosa ou a seguir uma dieta para emagrecer. 

Follow Us @soratemplates